sábado, 14 de agosto de 2010

Me calo

A vida é algo inexplicavel... sempre nos ensinando a ser uma pessoa melhor, as vezes de uma maneira boa, outras vezes nem tanto.
Tenho aprendido muito e hoje sei exatemente com quem posso contar, sei exatamente quem me tem no coração, sei exatamente as pessoas que mesmo distantes, vou poder contar sempre!

Mesmo aprendendo tudo isso... ainda não aprendi a dizer não!

Mas infelizemente dizer que isso não me machuca, sei que estou mentindo. Alguns coisas bobas me machucam profundamente, acho que sou bem mais frágil do que muitos pensam, mas hoje em dia apenas olho e me calo, não falo mais, na verdade não adianta...

Tenho olhado e me calado.

E se algumas lágrimas teimam em cair (com esse jeito de sempre chorar e não conseguir falar)... irei sufoca-las.

É, sou assim...


bjs

8 comentários:

Layla Barlavento disse...

Isso não é fraqueza Clé. Só prova o quanto és humana. Já disse isso aqui, és muito especial e por seres assim, peça rara nos dias atuais onde os umbigos próprios são o que mais importa. Só não esquece de uma coisa que é muito forte em você: seu amor próprio viu?

P.S. PRIMEIRONAAAAAAA! FAzia tempo que não conseguia! Também, com a miga famosa fica difícil né? EEEEEBA!

Beijos na alma!
Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com

Angela Maria disse...

Ei, ei ei ....
Eu toh aqui, um pouquinho distante é verdade, mas sabes que podes contar comigo né?
Um beijo grandão
Amo você por você

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Não sufoque nada! É difícil, mas dizer não e se impor é treino!!!

Treine, treine e treine. Estamos na vida para respetirarmos o outro, mas também para ser respeitados!!!

Como dizem os escritores: todo mundo gosta mais do vilão do que do mocinho.

Beijos

Goretti_CG disse...

Calar diante de atos e palavras que nos machucam é omissão..não seremos mais amadas se o fizermos, por experiência própria,afirmo categoricamente que é exatamente o contrário...a partir do momento que expomos nossos sentimentos verdadeiros as pessoas passam a nos respeitar e valorizar mais...Há os momentos de calar, mas se é algo que machuca, calar pra quê? pra quando olharmos pra dentro de nós vermos o tamanho da ferida que essas "caladas" nos impigiram?não....fale,grite,deixe todos saberem como se sente....sou muito mais feliz hoje, que falo o que sinto, com jeitinho sempre, mas falo.
Só calo desejos que, por vezes, é melhor deixar calado........
Beijos na alma e no coração, amo tu!

manoela disse...

Minha amiga linda, não sufoque nada, fale!
Algumas pessoas nem valem a pena, se quer uma lágrima, que dirá sufoca-las, vc é muito superior!
E vamos chorar de rir, até não aguentarmos mais.
Estais vendo como tudo ta mais brilhante (ô sol).
To aprendendo aquela musica, linda né, mas ainda não sei todinha.
"Eita sol lindo sô" kkkkkkkk
Nem precisa ficar com vergonha...perfeito!!!!!!!!
beijocas
*****

Mulher na Polícia disse...

Oi lindona!

Olha... eu já tive várias surpresas nesse campo, viu. Já liguei às duas da manhã desesperada, angustiada e sem saber o que fazer da vida para alguém que para mim era e sempre seria a melhor amiga de todas e ela secamente me mandou ir dormir... mas por outro lado nessa mesma hora recebi apoio de gente que mal me conhecia, de gente em quem eu não botava fé nenhuma e de gente que hoje eu vejo de uma forma muito diferente, porque soube fazer uma diferença enorme na minha vida.

Então é isso: A vida é estranhona mesmo.

Um beijo no coração.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Somos sempre menos fracos do que pensamos e mais forte do imaginamos...

Fico contente em saber que fiz falta... risos!

Beijos imundos!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Não está escrevendo mais? Vim aqui comentar sobre seu comentário sobre as mulheres qeu tratam filhos como bebezões e nada de novidade por aqui?

Beijos!